sábado, 19 de julho de 2014

Resenha - A Bússola de Ouro

Título: A Bússola de Ouro
Autor(a): Philip Pullman
Editora: Objetiva.

Sinopse:
Quando Roger, amigo de Lyra, desaparece, ela e seu dimon, Pantalaimon, resolvem procurá-lo. Viajam pelos reinos frios do Norte, onde ursos de armadura, e clãs de bruxas voam pelos céus congelados. Lyra possui um misterioso aparelho - o aletiômetro - que a auxiliará na missão. Mas o equipamento contém segredos assustadores sobre a viagem e os perigos que os esperam em mundos distantes.

O livro se divide em três partes: Oxford, Bolvangar e Svalbard.
A história se passa em um mundo com cultura e geografia similar ao nosso, onde todos possuem um daemon, ou dimon, em português - parte da alma em forma de animal e no sexo oposto.
O primeiro livro da trilogia Fronteiras do Universo, conta a história da órfã, Lyra Belacqua que vive na faculdade de Oxford. Um dia, percebe junto com os demais moradores da cidade, que muitas crianças estão desaparecendo, até que seu melhor amigo, Roger, desaparece e ela resolve junto com seu Dimon, Pantalaimon, ir atrás dos suspeitos, os Gobblers.
Em uma eletrizante aventura, Pullman narra a história de uma garota que com um misterioso aparelho - o aletiômetro - vai em busca do seu melhor amigo. E com a ajuda de Ursos de armadura e bruxas, ela descobre o porquê dos desaparecimentos e como o falado Pó, interfere nesse tal mistério. Todavia tais descobertas trazem mais dúvidas, e Lyra então, vai em busca de tais respostas.
De forma simples, mas não infantil, Pullman cativa o leitor do início ao fim e ainda o deixa desejando os acontecimentos que dão continuidade a história.

Nenhum comentário:

Postar um comentário